DOIS MINISTROS DEIXARÃO CARGOS PARA VOTAR CONTRA IMPEACHMENT NO SENADO.

0
9

Mais dois ministros deverão deixar o governo, mas não por estarem abandonando a presidente Dilma Rousseff, como os demais que deixaram seus cargos até agora.

Os senadores e ministros do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Armando Monteiro (PTB-PE), e da Agricultura, Kátia Abreu (PMDB-TO), vão sair dos seus cargos poucos dias antes da votação em plenário da admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, previsto para o dia 11 de maio.

O objetivo é assegurar mais dois votos e ajudar a fazer a defesa da petista no Senado, na reta final. Outra estratégia que poderá ser adotada pelo governo, em defesa do mandato da presidente Dilma Rousseff, é dar entrada no Supremo Tribunal Federal (STF) com ação questionando se as pedaladas fiscais são crime de responsabilidade, como afirma o pedido de afastamento.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here