PROGRAMA DE GOVERNO DE ROSALBA PROMETIA DUPLICAR A AV. FRANCISCO MOTA. NENHUM PASSO FOI DADO.

12 de Agosto de 2019 | 09:28hs

O Programa de Governo (PG) apresentado pela então candidata Rosalba Ciarlini aos mossoroenses na campanha eleitoral de 2016, trazia entre os compromissos da futura governante do município a seguinte proposta:

“Estabelecer parcerias com o Governo Federal para a execução do projeto de duplicação da Avenida Francisco Mota”.

Decorridos dois terços do mandato de Rosalba, não há no histórico destes 32 meses de gestão nenhum ato concreto de Rosalba visando cumprir o compromisso feito. O município não moveu uma palha sequer para cumprir o prometido.

O tráfego na Avenida Francisco Mota é hoje um dos principais gargalos no trânsito da cidade. Principalmente o trevo de acesso a UERN, que, via de regra, se transforma em verdadeiro caos, nos horários de começo e término de aulas. Outro ponto de estrangulamento é o acesso ao conjunto Vingt Rosado.

A avenida Francisco Mota é uma das vias de maior importância para a economia da cidade recebendo todo o tráfego dos carregamentos de sal vindos das salinas da região de Areia Branca e dos criadouros de camarão na área

O fluxo na Francisco Mota acaba repercutindo nos congestionamentos da Avenida Leste-Oeste que nos horários de pico forma o maior engarrafamento entre todas as vias da cidade. Em alguns momentos no período da manhã e no final da tarde chega a superar a marca de 1 km de carros parados.

A falta de iniciativa da prefeita Rosalba Ciarlini com relação a proposta sobre a duplicação da Avenida Francisco Mota se repete em grande parte dos compromissos contidos no PG para as obras de infraestrutura viárias.

Rosalba não se preocupou até a presente data em pelo menos buscar o Ministério dos Transportes para propor a execução de um projeto já elaborado na gestão da ex-prefeita Fafá Rosado e que foi aprovado junto ao Ministério.

Consta que o projeto aprovado estaria apenas à espera dos recursos para execução. O projeto chegou a ser citado pelo ex-ministro de Transportes, Alfredo Nascimento, como uma das futuras obras a serem realizadas na cidade. Contudo, a atual prefeita não deu seguimento as cobranças em busca da concretização da obra.

A impressão que se tem é que o Programa de Governo foi montado apenas como uma obrigação perante a Justiça Eleitoral sem o comprometimento real com sua execução. São dezenas e mais dezenas de propostas que nunca saíram do papel.

O blog realizou consulta a todas as notícias veiculadas pelo site da Prefeitura de Mossoró no período em busca de ações noticiadas e não encontrou informações que indicassem alguma ação de Rosalba para o cumprimento da proposta.

NOTA DO BLOG

Este blog inicia com essa notícia uma série de reportagens que visam analisar as propostas contidas no Programa de Governo de Rosalba, apresentado na campanha de 2016, e as ações realizadas pela gestora até a presente data.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

PROGRAMA DE GOVERNO DE ROSALBA PROMETIA DUPLICAR A AV. FRANCISCO MOTA. NENHUM PASSO FOI DADO.

12 de Agosto de 2019 | 09:28hs
Imagem [0]

O Programa de Governo (PG) apresentado pela então candidata Rosalba Ciarlini aos mossoroenses na campanha eleitoral de 2016, trazia entre os compromissos da futura governante do município a seguinte proposta:

“Estabelecer parcerias com o Governo Federal para a execução do projeto de duplicação da Avenida Francisco Mota”.

Decorridos dois terços do mandato de Rosalba, não há no histórico destes 32 meses de gestão nenhum ato concreto de Rosalba visando cumprir o compromisso feito. O município não moveu uma palha sequer para cumprir o prometido.

O tráfego na Avenida Francisco Mota é hoje um dos principais gargalos no trânsito da cidade. Principalmente o trevo de acesso a UERN, que, via de regra, se transforma em verdadeiro caos, nos horários de começo e término de aulas. Outro ponto de estrangulamento é o acesso ao conjunto Vingt Rosado.

A avenida Francisco Mota é uma das vias de maior importância para a economia da cidade recebendo todo o tráfego dos carregamentos de sal vindos das salinas da região de Areia Branca e dos criadouros de camarão na área

O fluxo na Francisco Mota acaba repercutindo nos congestionamentos da Avenida Leste-Oeste que nos horários de pico forma o maior engarrafamento entre todas as vias da cidade. Em alguns momentos no período da manhã e no final da tarde chega a superar a marca de 1 km de carros parados.

A falta de iniciativa da prefeita Rosalba Ciarlini com relação a proposta sobre a duplicação da Avenida Francisco Mota se repete em grande parte dos compromissos contidos no PG para as obras de infraestrutura viárias.

Rosalba não se preocupou até a presente data em pelo menos buscar o Ministério dos Transportes para propor a execução de um projeto já elaborado na gestão da ex-prefeita Fafá Rosado e que foi aprovado junto ao Ministério.

Consta que o projeto aprovado estaria apenas à espera dos recursos para execução. O projeto chegou a ser citado pelo ex-ministro de Transportes, Alfredo Nascimento, como uma das futuras obras a serem realizadas na cidade. Contudo, a atual prefeita não deu seguimento as cobranças em busca da concretização da obra.

A impressão que se tem é que o Programa de Governo foi montado apenas como uma obrigação perante a Justiça Eleitoral sem o comprometimento real com sua execução. São dezenas e mais dezenas de propostas que nunca saíram do papel.

O blog realizou consulta a todas as notícias veiculadas pelo site da Prefeitura de Mossoró no período em busca de ações noticiadas e não encontrou informações que indicassem alguma ação de Rosalba para o cumprimento da proposta.

NOTA DO BLOG

Este blog inicia com essa notícia uma série de reportagens que visam analisar as propostas contidas no Programa de Governo de Rosalba, apresentado na campanha de 2016, e as ações realizadas pela gestora até a presente data.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br