PRINCIPAL ERRO DE BOLSONARO NO PRIMEIRO MÊS É O ANÚNCIO PELA MANHÃ E O DESMENTIDO A TARDE

31 de Janeiro de 2019 | 09:16hs

Encerrando hoje o primeiro mês de mandato do presidente Jair Bolsonaro.

O que ficou marcado nestes primeiros 30 dias é o desencontro das decisões dentro do governo.

Todo mundo desmente todo mundo em menos de 24 horas. Isso é péssimo para um governo qiue precisa ganhar credibilidade, principalmente dos mercados.

Até o próprio Bolsonaro já foi desmentido pelos seus subordinados.

A mais recente "patolada" foi o anúncio de Mourão que o governo poderia intervir na direção da Vale da Rio Doce e o ministro Onix no mesmo dia dizendo que isso não existe.

Acho preocupante que o governo cometa esses deslizes, essas idas e vindas. A série de medidas duras que precisam ser tomadas, principalmente na Previdência, necessitam que a população e os mercados acreditem que o governo saiba o que está fazendo.

Com essa mania de desmentir de tarde o que foi anunciado pela manhã, a gestão bolsonaristas só contribui para o descrédito e desconfiança.

Tomara que agora em fevereiro o governo comece a mostrar que sabe o que está fazendo e tenha uma só voz.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

PRINCIPAL ERRO DE BOLSONARO NO PRIMEIRO MÊS É O ANÚNCIO PELA MANHÃ E O DESMENTIDO A TARDE

31 de Janeiro de 2019 | 09:16hs
Imagem [0]

Encerrando hoje o primeiro mês de mandato do presidente Jair Bolsonaro.

O que ficou marcado nestes primeiros 30 dias é o desencontro das decisões dentro do governo.

Todo mundo desmente todo mundo em menos de 24 horas. Isso é péssimo para um governo qiue precisa ganhar credibilidade, principalmente dos mercados.

Até o próprio Bolsonaro já foi desmentido pelos seus subordinados.

A mais recente "patolada" foi o anúncio de Mourão que o governo poderia intervir na direção da Vale da Rio Doce e o ministro Onix no mesmo dia dizendo que isso não existe.

Acho preocupante que o governo cometa esses deslizes, essas idas e vindas. A série de medidas duras que precisam ser tomadas, principalmente na Previdência, necessitam que a população e os mercados acreditem que o governo saiba o que está fazendo.

Com essa mania de desmentir de tarde o que foi anunciado pela manhã, a gestão bolsonaristas só contribui para o descrédito e desconfiança.

Tomara que agora em fevereiro o governo comece a mostrar que sabe o que está fazendo e tenha uma só voz.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br