NOGUEIRÃO: CORPO DE BOMBEIROS NÃO LIBERA E DUPLA POTIBA AMEAÇA ABANDONAR ESTADUAL

16 de Janeiro de 2017 | 12:05hs

Após reunião na manhã de hoje na sede do Corpo de Bombeiros, Baraúnas e Potiguar saíram com a mesma decisão: abandonar o campeonato estadual de 2017.

A intransigência do Corpo de Bombeiros em liberar o estádio é o motivo. Uma força tarefa foi montada por dirigentes e abnegados que cumpriram os pontos exigidos pelo órgão fiscalizador. A divergência para a liberação estaria apenas na instalação de alguns corrimões, que já estariam sendo confeccionados.

O vice-presidente do Baraúnas, Gilson Cardoso, deu uma entrevista a uma rádio local e mostrou toda sua indignação: “O Corpo de Bombeiros, na figura de seu capitão, está sendo intransigente. Foram cumpridas 99% das exigências e mesmo assim ele não liberou.”

Cardoso afirmou que se não houver liberação até o próximo domingo, quando ocorre o clássico com o rival Potiguar, o Baraúnas irá formalizar sua desistência do campeonato. O presidente do Potiguar, Marcos Fernandes, também afirmou que segue a tendência do abandono caso o estádio continue interditado.

Para a próxima rodada, o jogo entre Baraúnas x ABC já foi marcado para o Edgarzão em Assu. A expectativa dos dirigentes é mobilizar a sociedade e classe política para que o bom senso prevaleça e consigam liberar o estádio para o clássico Potiba, no próximo domingo, 22.

NOTA DO BLOG - A indignação dos torcedores mossoroenses é que outros estádios em piores condições estão liberados e aqui em Mossoró, ano a ano, o corpo de bombeiros amplia as exigências tornando impossível atender tudo. Caso o mesmo rigor fosse aplicado pelo interior do Nordeste existiriam pouquíssimos estádios aptos

Publicidade

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

NOGUEIRÃO: CORPO DE BOMBEIROS NÃO LIBERA E DUPLA POTIBA AMEAÇA ABANDONAR ESTADUAL

16 de Janeiro de 2017 | 12:05hs
Imagem [0]

Após reunião na manhã de hoje na sede do Corpo de Bombeiros, Baraúnas e Potiguar saíram com a mesma decisão: abandonar o campeonato estadual de 2017.

A intransigência do Corpo de Bombeiros em liberar o estádio é o motivo. Uma força tarefa foi montada por dirigentes e abnegados que cumpriram os pontos exigidos pelo órgão fiscalizador. A divergência para a liberação estaria apenas na instalação de alguns corrimões, que já estariam sendo confeccionados.

O vice-presidente do Baraúnas, Gilson Cardoso, deu uma entrevista a uma rádio local e mostrou toda sua indignação: “O Corpo de Bombeiros, na figura de seu capitão, está sendo intransigente. Foram cumpridas 99% das exigências e mesmo assim ele não liberou.”

Cardoso afirmou que se não houver liberação até o próximo domingo, quando ocorre o clássico com o rival Potiguar, o Baraúnas irá formalizar sua desistência do campeonato. O presidente do Potiguar, Marcos Fernandes, também afirmou que segue a tendência do abandono caso o estádio continue interditado.

Para a próxima rodada, o jogo entre Baraúnas x ABC já foi marcado para o Edgarzão em Assu. A expectativa dos dirigentes é mobilizar a sociedade e classe política para que o bom senso prevaleça e consigam liberar o estádio para o clássico Potiba, no próximo domingo, 22.

NOTA DO BLOG - A indignação dos torcedores mossoroenses é que outros estádios em piores condições estão liberados e aqui em Mossoró, ano a ano, o corpo de bombeiros amplia as exigências tornando impossível atender tudo. Caso o mesmo rigor fosse aplicado pelo interior do Nordeste existiriam pouquíssimos estádios aptos

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br