NÃO É DE BOM TOM ROSALBA ATUAR TÃO FORTEMENTE PELA PRORROGAÇÃO DO MANDATO

04 de Junho de 2019 | 12:57hs

Não acho ético a prefeita Rosalba Ciarlini fazer uma defesa veemente da PEC 56/2019 que trata da prorrogação de mandatos dos atuais prefeitos e vereadores por mais dois anos, para que em 2022 tenhamos eleição geral no País.

Justamente porque ela é beneficiária direta da medida. Trabalha em causa própria.

O correto seria Rosalba se manter à margem dessa discussão, tendo em vista seu interesse em jogo, deixando aos legisladores a definição.

A justificativa de Rosalba de que a prorrogação dos mandatos economizar alguns milhões de reais que poderia ser utilizado em prol do povo é vazia.

Estivesse Rosalba fora do mandato e planejando ser candidata no ano que vem, com certeza ela estaria defendendo a rejeição da PEC.

Mesmo porque Rosalba defendendo ou não pouco importa para sua aprovação ou rejeição. Em sendo assim, seria elegante a prefeita se manter isenta, sem querer legislar em causa própria.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

NÃO É DE BOM TOM ROSALBA ATUAR TÃO FORTEMENTE PELA PRORROGAÇÃO DO MANDATO

04 de Junho de 2019 | 12:57hs
Imagem [0]

Não acho ético a prefeita Rosalba Ciarlini fazer uma defesa veemente da PEC 56/2019 que trata da prorrogação de mandatos dos atuais prefeitos e vereadores por mais dois anos, para que em 2022 tenhamos eleição geral no País.

Justamente porque ela é beneficiária direta da medida. Trabalha em causa própria.

O correto seria Rosalba se manter à margem dessa discussão, tendo em vista seu interesse em jogo, deixando aos legisladores a definição.

A justificativa de Rosalba de que a prorrogação dos mandatos economizar alguns milhões de reais que poderia ser utilizado em prol do povo é vazia.

Estivesse Rosalba fora do mandato e planejando ser candidata no ano que vem, com certeza ela estaria defendendo a rejeição da PEC.

Mesmo porque Rosalba defendendo ou não pouco importa para sua aprovação ou rejeição. Em sendo assim, seria elegante a prefeita se manter isenta, sem querer legislar em causa própria.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br