JAIR E CARLOS BOLSONARO REVELAM NAS REDES SOCIAIS QUE VEM UM TSUNAMI POR AI

15 de Maio de 2019 | 16:34hs

Em postagem hoje no twitter o vereador Carlos Bolsonaro faz um alerta: “o que está por vir, pode derrubar o capitão eleito”. 

Nada mais disse.

O que será que está por vir?

Dias atrás, Bolsonaro já havia alertado que estaria chegando um tsunami por aí.

Penso que essa hecatombe imaginada não se trata de nenhum golpe no padrão “pedalada fiscal” ou coisa parecida.

O que está acontecendo é que o governo percebeu que não tem base parlamentar e começa a temer pelo pior. O confronto com os deputados nas votações recentes mostrou que o Centrão manda e desmanda. E o capitão não tem como enquadrar o tal Centrão.

O anúncio do tsunami está mais ligado as derrotas que o governo prevê que vai enfrentar no Congresso. E que deverão inviabilizar o Governo.

A carta de seguro que os Bolsonaros querem ter em mãos agora é o discurso de que está de mãos amarradas e o congresso impossibilita o governo de governar. A culpa é dos deputados e senadores.

De fato, há uma grande insatisfação dos congressistas que são frequentemente chamados de adeptos da velha política. Acusados de quererem sequestrar o governo.

FHC escreveu essa semana dizendo que sem o Congresso, Bolsonaro iria cair.

Talvez seja essa a questão em jogo. A ideia do marketing de governo é que Bolsonaro não aceita jogar o jogo, não se submete a pressão.

Daí pra frente, a população paga o pato de novo.

Comentários

  • Emerson

    Será que o tsunami é a renúncia? Porque realmente chegará a hora em que Bolsonaro não conseguirá administrar, abrindo espaço para o vice equilibrar o governo...

JAIR E CARLOS BOLSONARO REVELAM NAS REDES SOCIAIS QUE VEM UM TSUNAMI POR AI

15 de Maio de 2019 | 16:34hs
Imagem [1]

Em postagem hoje no twitter o vereador Carlos Bolsonaro faz um alerta: “o que está por vir, pode derrubar o capitão eleito”. 

Nada mais disse.

O que será que está por vir?

Dias atrás, Bolsonaro já havia alertado que estaria chegando um tsunami por aí.

Penso que essa hecatombe imaginada não se trata de nenhum golpe no padrão “pedalada fiscal” ou coisa parecida.

O que está acontecendo é que o governo percebeu que não tem base parlamentar e começa a temer pelo pior. O confronto com os deputados nas votações recentes mostrou que o Centrão manda e desmanda. E o capitão não tem como enquadrar o tal Centrão.

O anúncio do tsunami está mais ligado as derrotas que o governo prevê que vai enfrentar no Congresso. E que deverão inviabilizar o Governo.

A carta de seguro que os Bolsonaros querem ter em mãos agora é o discurso de que está de mãos amarradas e o congresso impossibilita o governo de governar. A culpa é dos deputados e senadores.

De fato, há uma grande insatisfação dos congressistas que são frequentemente chamados de adeptos da velha política. Acusados de quererem sequestrar o governo.

FHC escreveu essa semana dizendo que sem o Congresso, Bolsonaro iria cair.

Talvez seja essa a questão em jogo. A ideia do marketing de governo é que Bolsonaro não aceita jogar o jogo, não se submete a pressão.

Daí pra frente, a população paga o pato de novo.

Comentários


  • Emerson

    Será que o tsunami é a renúncia? Porque realmente chegará a hora em que Bolsonaro não conseguirá administrar, abrindo espaço para o vice equilibrar o governo...

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br