DOIS PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO DE MOSSORÓ JÁ ESTÃO FAZENDO CAMPANHA CLARAMENTE

13 de Maio de 2019 | 10:12hs

Vejo claramente dois pré-candidatos a prefeito de Mossoró em plena campanha.

O primeiro é Rosalba, com uma agenda intensa de visitação as obras públicas, sem domingo, feriado ou expediente noturno que a limite, tentando aparecer bem junto ao eleitorado.

É a escalada de Rosalba rumo a recuperação de imagem.

O outro é o deputado estadual Allysson Bezerra, do Solidariedade. A festa de aniversário com a comunidade, o projeto de prestação de contas do mandato, tudo muito bem elaborado com vistas a visibilidade e a projeção eleitoral.

Isso não é pecado, pelo contrário, eles sabem o que querem e trabalham para alcançar seus objetivos.

Apenas chamo a atenção para quando a necessidade de aparição é maior que  qualquer outra coisa e diminui os mandatos a meras peças de marketing, no melhor estilo Dória.

Sou defensor perpétuo de que o melhor marketing é o trabalho sério, a gestão bem-feita.

Dória seria hoje presidente do Brasil se tivesse entendido quando foie eleito prefeito de SP que ele precisava apenas fazer boa gestão.

Esqueceu a gestão e foi ser garoto propaganda de si mesmo.

Um erro em que muitos caem. 

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

DOIS PRÉ-CANDIDATOS A PREFEITO DE MOSSORÓ JÁ ESTÃO FAZENDO CAMPANHA CLARAMENTE

13 de Maio de 2019 | 10:12hs
Imagem [0]

Vejo claramente dois pré-candidatos a prefeito de Mossoró em plena campanha.

O primeiro é Rosalba, com uma agenda intensa de visitação as obras públicas, sem domingo, feriado ou expediente noturno que a limite, tentando aparecer bem junto ao eleitorado.

É a escalada de Rosalba rumo a recuperação de imagem.

O outro é o deputado estadual Allysson Bezerra, do Solidariedade. A festa de aniversário com a comunidade, o projeto de prestação de contas do mandato, tudo muito bem elaborado com vistas a visibilidade e a projeção eleitoral.

Isso não é pecado, pelo contrário, eles sabem o que querem e trabalham para alcançar seus objetivos.

Apenas chamo a atenção para quando a necessidade de aparição é maior que  qualquer outra coisa e diminui os mandatos a meras peças de marketing, no melhor estilo Dória.

Sou defensor perpétuo de que o melhor marketing é o trabalho sério, a gestão bem-feita.

Dória seria hoje presidente do Brasil se tivesse entendido quando foie eleito prefeito de SP que ele precisava apenas fazer boa gestão.

Esqueceu a gestão e foi ser garoto propaganda de si mesmo.

Um erro em que muitos caem. 

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br