CANDIDATOS A VEREADOR PODERÃO TER DINHEIRO DOS PARTIDOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS

10 de Maio de 2019 | 12:07hs

A eleição municipal do ano que vem terá novamente o financiamento público das campanhas dos candidatos.

Os partidos receberão em torno de 3 bilhões de reais para dividirem com seus candidatos pelo País todo.

Diferente da eleição passada, quando a grana serviu para financiar campanha de presidente, senador, governador, deputado federal e deputado estadual, desta feita o dinheiro será dividido apenas entre candidatos a prefeito e vereadores.

Para os partidos que não terão candidatos a prefeitos na maioria das cidades, a divisão será apenas para os candidatos a vereador.

Olhando para o cenário do Rio Grande do Norte,  alguns partidos de pequeno porte com certeza não terão candidatos a prefeito em nenhuma cidade e o dinheiro será apenas para os candidatos a vereador.

Olhando para Mossoró, a segunda maior cidade do Estado, pela primeira vez, alguns candidatos a vereador vão ver a cor da grana para suas campanhas.

Para fazer as contas, basta ver quanto o partido recebeu na eleição do ano passado e quando veio para o Estado.

A divisão é pelo tamanho das bancadas federais eleitas no ano passado.

É hora de fazer contas.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

CANDIDATOS A VEREADOR PODERÃO TER DINHEIRO DOS PARTIDOS PARA FINANCIAR CAMPANHAS

10 de Maio de 2019 | 12:07hs
Imagem [0]

A eleição municipal do ano que vem terá novamente o financiamento público das campanhas dos candidatos.

Os partidos receberão em torno de 3 bilhões de reais para dividirem com seus candidatos pelo País todo.

Diferente da eleição passada, quando a grana serviu para financiar campanha de presidente, senador, governador, deputado federal e deputado estadual, desta feita o dinheiro será dividido apenas entre candidatos a prefeito e vereadores.

Para os partidos que não terão candidatos a prefeitos na maioria das cidades, a divisão será apenas para os candidatos a vereador.

Olhando para o cenário do Rio Grande do Norte,  alguns partidos de pequeno porte com certeza não terão candidatos a prefeito em nenhuma cidade e o dinheiro será apenas para os candidatos a vereador.

Olhando para Mossoró, a segunda maior cidade do Estado, pela primeira vez, alguns candidatos a vereador vão ver a cor da grana para suas campanhas.

Para fazer as contas, basta ver quanto o partido recebeu na eleição do ano passado e quando veio para o Estado.

A divisão é pelo tamanho das bancadas federais eleitas no ano passado.

É hora de fazer contas.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br