BOLSONARO ORA DIZ QUE QUEM MANDA É ELE, ORA DIZ QUE NÃO MANDA EM NADA

02 de Maio de 2019 | 04:31hs

Afinal, Bolsonaro manda ou não manda nesse governo?

Na questão da propaganda do Banco do Brasil que ele vetou e mandou demitir o diretor de marketing do Banco, a resposta que ele deu foi que o presidente era ele e, portanto, seja onde fosse no governo, quem mandava era ele.

E depois foi mais taxativo ainda. Disse que ministro que não concordasse com ele deveria ficar calado e ponto final.

Então podemos concluir que o Bolsonaro manda mesmo.

Bom, tivemos o caso da Petrobras, do aumento do díesel, que o presidente interviu e os mercados reagiram, a empresa perdeu valor, e Bolsonaro disse que apenas sugeriu, deu um pitaco e que presidente não manda em tudo.

Agora veio o caso dos juros do Banco do Brasil. O Bolsonaro pediu ao presidente do banco para baixar um pouco os juros. O mercado reagiu, as ações do BB caíram.

Com a reação dos mercados, Bolsonaro veio com essa: “O presidente não manda, não tem poder para nada, o que posso fazer é pedir, é sugerir, só isso”.

Afinal, o presidente manda ou não manda?

Manda, mas só quando convém.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

BOLSONARO ORA DIZ QUE QUEM MANDA É ELE, ORA DIZ QUE NÃO MANDA EM NADA

02 de Maio de 2019 | 04:31hs
Imagem [0]

Afinal, Bolsonaro manda ou não manda nesse governo?

Na questão da propaganda do Banco do Brasil que ele vetou e mandou demitir o diretor de marketing do Banco, a resposta que ele deu foi que o presidente era ele e, portanto, seja onde fosse no governo, quem mandava era ele.

E depois foi mais taxativo ainda. Disse que ministro que não concordasse com ele deveria ficar calado e ponto final.

Então podemos concluir que o Bolsonaro manda mesmo.

Bom, tivemos o caso da Petrobras, do aumento do díesel, que o presidente interviu e os mercados reagiram, a empresa perdeu valor, e Bolsonaro disse que apenas sugeriu, deu um pitaco e que presidente não manda em tudo.

Agora veio o caso dos juros do Banco do Brasil. O Bolsonaro pediu ao presidente do banco para baixar um pouco os juros. O mercado reagiu, as ações do BB caíram.

Com a reação dos mercados, Bolsonaro veio com essa: “O presidente não manda, não tem poder para nada, o que posso fazer é pedir, é sugerir, só isso”.

Afinal, o presidente manda ou não manda?

Manda, mas só quando convém.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br