BAIXO DESEMPENHO DE ROSALBA LEVA CARLOS AUGUSTO A SAIR DE SUA ZONA DE CONFORTO

28 de Abril de 2019 | 07:31hs

O ex-deputado Carlos Augusto Rosado tem acesso periódico a relatórios de pesquisa sobre a gestão de sua esposa, Rosalba Ciarlini, assim como as intenções de votos para 2020 na sucessão municipal.

Num passado recente, era comum na leitura destes relatórios, diante de números que garantiam Rosalba com intenções de votos suficientes para se eleger, Carlo Augusto dizia apenas: “A Rosa está eleita, precisamos apenas não errar”.

Não tem sido mais assim.

Os índices acima de 50% que antes ela sempre tinha como intenções de votos, hoje representam as intenções de não voto.

Carlos Augusto tem recebido os números e se preocupado.

Não se trata apenas de não errar, ele está tendo que agir. Teremos mudança de atitude pela frente. Carlos está tendo que sair de zua tradicional zona de conforto.

Inquietude é um terreno que ele não navega tão bem.

Novos tempos.

 

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

BAIXO DESEMPENHO DE ROSALBA LEVA CARLOS AUGUSTO A SAIR DE SUA ZONA DE CONFORTO

28 de Abril de 2019 | 07:31hs
Imagem [0]

O ex-deputado Carlos Augusto Rosado tem acesso periódico a relatórios de pesquisa sobre a gestão de sua esposa, Rosalba Ciarlini, assim como as intenções de votos para 2020 na sucessão municipal.

Num passado recente, era comum na leitura destes relatórios, diante de números que garantiam Rosalba com intenções de votos suficientes para se eleger, Carlo Augusto dizia apenas: “A Rosa está eleita, precisamos apenas não errar”.

Não tem sido mais assim.

Os índices acima de 50% que antes ela sempre tinha como intenções de votos, hoje representam as intenções de não voto.

Carlos Augusto tem recebido os números e se preocupado.

Não se trata apenas de não errar, ele está tendo que agir. Teremos mudança de atitude pela frente. Carlos está tendo que sair de zua tradicional zona de conforto.

Inquietude é um terreno que ele não navega tão bem.

Novos tempos.

 

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br