AUDITORIAS MOSTRAM QUE REDES SOCIAIS DE BOLSONARO SÃO UMA MASSA DE ROBÔS

10 de Maio de 2019 | 22:11hs

Três auditorias independentes apontaram que a grande maioria dos seguidores de Jair Bolsonaro nas redes sociais são robôs.

Segundo a SparkToros, os seguidores falsos de Bolsonaro chegam a 60,9%.

Já a auditoria da Status People identificou apenas 27% dos seguidores como sendo pessoas reais.

E a Twitter Audit verificou que 50% dos seguidores de Bolsonaro parecem ser falsos ou incertos.

O repetido uso da estratégia de robôs para as redes sociais mostra que Bolsonaro se comporta como se em campanha estivesse.

Durante a campanha, seu filho, Carlos Bolsonaro, montou a estratégia de usar falsos perfis para disparos em massa de mensagens.

Os robôs acabam conquistando seguidores e são incluídos nas redes de bate-papo, tipo whatssap, e passam a postar as mensagens enviadas por um núcleo central.

O uso destes robôs servem a uma estratégia que vou explicar em outra postagem,  cuja a essência é desviar a atenção para informações secundárias e polêmicas.

O fato mais importante desta informação sobre uso de robôs é que nosso presidente se comporta como se estivesse ainda em campanha e concentra sua energia em disparar muitas vezes informações falsas.

Isso é grave.

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

AUDITORIAS MOSTRAM QUE REDES SOCIAIS DE BOLSONARO SÃO UMA MASSA DE ROBÔS

10 de Maio de 2019 | 22:11hs
Imagem [0]

Três auditorias independentes apontaram que a grande maioria dos seguidores de Jair Bolsonaro nas redes sociais são robôs.

Segundo a SparkToros, os seguidores falsos de Bolsonaro chegam a 60,9%.

Já a auditoria da Status People identificou apenas 27% dos seguidores como sendo pessoas reais.

E a Twitter Audit verificou que 50% dos seguidores de Bolsonaro parecem ser falsos ou incertos.

O repetido uso da estratégia de robôs para as redes sociais mostra que Bolsonaro se comporta como se em campanha estivesse.

Durante a campanha, seu filho, Carlos Bolsonaro, montou a estratégia de usar falsos perfis para disparos em massa de mensagens.

Os robôs acabam conquistando seguidores e são incluídos nas redes de bate-papo, tipo whatssap, e passam a postar as mensagens enviadas por um núcleo central.

O uso destes robôs servem a uma estratégia que vou explicar em outra postagem,  cuja a essência é desviar a atenção para informações secundárias e polêmicas.

O fato mais importante desta informação sobre uso de robôs é que nosso presidente se comporta como se estivesse ainda em campanha e concentra sua energia em disparar muitas vezes informações falsas.

Isso é grave.

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br