ROBSON PEDE MAIS TEMPO PARA MELHORAR SEGURANÇA

17 de Agosto de 2015 | 15:39hs

Ao comentar a onda de estupros coletivos que tem sido registrada em Natal nos últimos trinta dias, o governador Robinson Faria afirmou nesta segunda-feira (17) que o “Estado cumpre seu papel”. Ele deixou entender que será necessário mais tempo para que os esforços no setor mostrem ainda mais resultados.

“Não vamos esperar um milagre e que, em pouco mais de seis meses de governo, teremos aqui uma Suíça ou Noruega”, afirmou à reportagem, quando indagado até quando o trio de estupradores vai agir impunemente.

O chefe do Executivo estadual realçou ainda o papel que seu governo vem adotando no combate à criminalidade. “Segurança é uma demanda permanente, por mais que o Estado invista, com políticas exitosas, aumento do efetivo policial e traga consultorias, sempre acontecerão problemas porque é uma questão nacional. O Estado está cumprindo o seu papel”, afirmou Robinson.

Questionado, então, se há algo em específico sobre o caso dos estupros, ele comentou apenas que “estamos em GGI (Grupo de Gestão Integrada) permanente. Tem dia de sábado ou domingo que saio da minha casa e vou às reuniões”, explicou o chefe do Executivo.

Fonte: PortalNoAr

Comentários

Sem comentários. Seja o primeiro.

ROBSON PEDE MAIS TEMPO PARA MELHORAR SEGURANÇA

17 de Agosto de 2015 | 15:39hs
Imagem [0]

Ao comentar a onda de estupros coletivos que tem sido registrada em Natal nos últimos trinta dias, o governador Robinson Faria afirmou nesta segunda-feira (17) que o “Estado cumpre seu papel”. Ele deixou entender que será necessário mais tempo para que os esforços no setor mostrem ainda mais resultados.

“Não vamos esperar um milagre e que, em pouco mais de seis meses de governo, teremos aqui uma Suíça ou Noruega”, afirmou à reportagem, quando indagado até quando o trio de estupradores vai agir impunemente.

O chefe do Executivo estadual realçou ainda o papel que seu governo vem adotando no combate à criminalidade. “Segurança é uma demanda permanente, por mais que o Estado invista, com políticas exitosas, aumento do efetivo policial e traga consultorias, sempre acontecerão problemas porque é uma questão nacional. O Estado está cumprindo o seu papel”, afirmou Robinson.

Questionado, então, se há algo em específico sobre o caso dos estupros, ele comentou apenas que “estamos em GGI (Grupo de Gestão Integrada) permanente. Tem dia de sábado ou domingo que saio da minha casa e vou às reuniões”, explicou o chefe do Executivo.

Fonte: PortalNoAr

Comentários


Sem comentários. Seja o primeiro.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br