ENDIVIDAMENTO DE CONSUMIDORES CRESCE NO PAÍS EM OUTUBRO

08 de Novembro de 2017 | 10:27hs
Imagem [0]

O percentual de consumidores endividados ficou em 61,8% em outubro deste ano. Segundo dados divulgados pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a taxa é superior às registradas em setembro deste ano (61,7%) e em outubro do ano passado (59,8%).

De acordo com a CNC, os consumidores inadimplentes, isto é, com dívidas e contas em atraso, ficaram em 26% em outubro deste ano, patamar abaixo dos 26,5% de setembro deste ano, mas acima dos 24,7% de outubro do ano passado.

Já os consumidores que não conseguirão pagar suas dívidas ou contas ficaram em 10,1%. Em setembro deste ano, o percentual havia sido 10,9%. Em outubro do ano passado, a taxa foi 9,8%.

O tempo médio com pagamento em atraso ficou em 63,8 dias.

TEMER SE REÚNE COM MAIA E MINISTROS PARA DISCUTIR REFORMA DA PREVIDÊNCIA

08 de Novembro de 2017 | 10:23hs
Imagem [0]

O presidente Michel Temer está reunido com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e relator da reforma da Previdência na Câmara, para discutir a reforma que aguarda votação na Casa.

Também participam da reunião o secretário de previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, e o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), que presidiu a comissão especial que analisou o tema.

Em vídeo divulgado na noite de ontem (7) no Twitter, o presidente Michel Temer pediu apoio aos cidadãos do país para aprovar a reforma. Depois de reuniões com líderes da base aliada da Câmara dos Deputados na segunda (6), e do Senado, ontem (7), o governo já admite mudanças no texto da reforma para que, pelo menos, parte dela seja aprovada ainda este ano. Como se trata de emenda Constitucional, para aprovar a reforma na Câmara serão necessários, pelo menos, 308 votos favoráveis.

Na segunda-feira, ao discursar na abertura da reunião com os líderes da Câmara, Temer disse que, mesmo que não se consiga fazer tudo o que for necessário na reforma, é importante avançar para que quem vier depois possa fazer uma revisão na Previdência.

O TEATRINHO DE GARIBALDI E AGRIPINO NA PETROBRAS

07 de Novembro de 2017 | 18:15hs
Imagem [0]

Os senadores Garibaldi Filho e José Agripino, levaram hoje seus pupilos, Walter Alves e Felipe Maia, para uma audiência com Leandro Martins, consultor da presidência da Petrobras. 

Foram reclamar da redução do status da refinaria Clara Camarão. 

A coisa toda pareceu um  teatrinho. 

Os parlamentares potiguares foram reclamar da Petrobras e exigir satisfações. E aproveitaram para bater umas fotos. 

O pessoal da Petrobras foi lá para dizer que tá tudo bem, que não é redução, é só um ajustezinho. 

O enredo ficou pobre.  Os papais e os pupilos sequer foram recebidos pelo presidente da Petrobras, tava lá um assessor para dizer qualquer coisa. 

E Garibaldi e Agripino foram embora satisfeitos por terem cumprido o seu papel e terem mandados para a imprensa as fotos com o sinal do dever cumprido.

Tião Couto estava certo quando disse que mesmo na hora do leite derramado, esse pessoal ainda acha um jeito de tirar uma foto para ganhar o voto.

IMPOSTO DE RENDA 2017: RECEITA ABRE NA 4ª A CONSULTA AO SEXTO LOTE DE RESTITUIÇÃO

07 de Novembro de 2017 | 16:51hs
Imagem [0]

A Secretaria da Receita Federal informou que serão liberadas na quarta-feira (8), a partir das 9h, as consultas ao sexto lote de restituição do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2017. Este lote também incluirá restituições residuais de 2008 a 2016.

Ao todo, serão pagos mais de R$ 2,9 bilhões para 2.428.985 contribuintes. Os depósitos serão feitos em 16 de novembro.
"Desse total, R$ 107,8 milhões referem-se ao quantitativo de contribuintes de que trata o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 26.209 contribuintes idosos e 3.354 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave", acrescentou o Fisco.

INSCRIÇÕES PARA O V PRÊMIO DE JORNALISMO DO MPRN SÃO PRORROGADAS

07 de Novembro de 2017 | 16:39hs
Imagem [0]

As inscrições para o V Prêmio de Jornalismo do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) foram prorrogadas até a sexta-feira (10). A prorrogação foi motivada pela decretação de ponto facultativo na última sexta-feira (3).

Os concorrentes devem enviar o material, a documentação e a ficha de inscrição impressa pessoalmente no Protocolo do edifício-sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Natal/RN, ou enviar pelos Correios. Todas as informações e a ficha de inscrição constam no regulamento disponível no site http://www.mprn.mp.br/premiodejornalismo.

A premiação reconhece os melhores trabalhos jornalísticos veiculados no Estado sobre a temática da atuação ministerial. O tema este ano é “MPRN 125 anos: na defesa dos direitos da sociedade potiguar”. O concurso é dividido em cinco categorias profissionais – Jornalismo Impresso, Webjornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo e Fotojornalismo – com premiação para o primeiro lugar (R$ 3.500), para o segundo lugar (R$ 2.500) e para o terceiro lugar (R$ 1.500) em cada uma.

Há ainda a categoria destaque acadêmico para estudante de Comunicação. Entre os trabalhos acadêmicos poderá haver classificação por colocação em primeiro, segundo ou terceiro lugar, ou mesmo uma Menção Honrosa, mas sem premiação em dinheiro.

As matérias válidas para concorrer deverão ter sido publicadas entre o espaço temporal de um ano (novembro de 2016 a novembro de 2017). A premiação acontecerá em dezembro, mês em que se comemora o Dia Nacional do Ministério Público.

PREFEITURA PAGA DÉCIMO E GRATIFICAÇÕES AMANHÃ (08)

07 de Novembro de 2017 | 16:38hs
Imagem [0]

A Prefeitura de Mossoró, através da Secretaria de Administração e Finanças, informa sobre o pagamento dos valores restantes da folha de pessoal do mês de outubro.

O servidor público terá os valores creditados nesta quarta-feira (08) referentes ao 13º salário para os nascidos em outubro, férias, diárias operacionais, plantões de trânsito e Programa de Melhoria do Acesso e Qualidade (PMAQ).

HENRIQUE ALVES CHORA EM DEPOIMENTO E DIZ QUE ABRIU CONTA NO EXTERIOR POR ORIENTAÇÃO DE EDUARDO CUNHA

07 de Novembro de 2017 | 16:35hs
Imagem [0]

O ex-presidente da Câmara e ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) chorou ontem, segunda-feira (6), ao prestar depoimento, por videoconferência, ao juiz da 10ª Vara Federal de Brasília, Vallisney de Souza Oliveira.

Henrique Alves está preso desde junho por suspeita de participar do esquema de superfaturamento das obras da Arena das Dunas, em Natal (RN). O estádio foi construído para a Copa do Mundo de 2014.

O depoimento desta segunda, contudo, foi dado no âmbito da Operação Sépsis, um desdobramento da Operação Lava Jato que investiga um suposto esquema de corrupção comandado pelo PMDB na Caixa Econômica Federal.

Henrique negou qualquer participação no suposto esquema de propina na Caixa em troca da liberação de empréstimos do Fi-FGTS, fundo de investimento administrado pela Caixa que aplica recursos do trabalhador em projetos de infraestrutura.
"Nunca tratei e desafio que apareça vivo alguém para afirmar que eu tratei algum assunto do FI-FGTS", afirmou.

O ex-presidente da Câmara admitiu, porém, ter recebido doação eleitoral por meio de caixa 2, sem dinheiro não-declarado à Justiça Eleitoral. "Não sei o valor de doações não declaradas", disse.

Fonte: G1RN. Clique aqui para saber mais.

MANUTENÇÃO EM ADUTORA DEIXA OITO CIDADES DO RN SEM ABASTECIMENTO DE ÁGUA

07 de Novembro de 2017 | 16:32hs
Imagem [0]

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) trabalha na manutenção de duas bombas da adutora Sertão Central Cabugi. O serviço começou nesta terça (7) e deve ser concluído até sexta-feira (10).

Durante o serviço o abastecimento de água foi suspenso nos municípios de Angicos, Pedro Avelino, Lajes, Jardim de Angicos, Caiçara do Rio dos Ventos, Fernando Pedroza, Pedra Preta, Riachuelo, além do distrito de Cachoeira do Sapo e comunidades rurais do entorno.

De acordo com a Caern, as bombas sofreram uma pane elétrica. A expectativa da empresa é que o abastecimento seja retomado na próxima sexta-feira (10).

GOVERNO DO RN ANTECIPA EM 3 DIAS QUITAÇÃO DA FOLHA DE SETEMBRO PARA SERVIDORES DA SEGURANÇA

07 de Novembro de 2017 | 16:31hs
Imagem [0]

O governo do Rio Grande do Norte confirmou que vai quitar nesta terça-feira (7), apenas para os policiais militares e policiais civis da ativa, os salários atrasados de setembro. Para as demais categorias (incluindo pensionistas e aposentados da PM e da Polícia Civil), a complementação da folha será mesmo no dia 10, conforme já havia sido anunciado.

Mesmo fazendo parte da Secretaria de Segurança, os servidores do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) e do Corpo de Bombeiros também só receberão a complementação da folha de setembro no dia 10.

Folha de outubro

A folha de outubro, para quem ganha até R$ 2 mil, começa a ser paga também na sexta-feira (10). Porém, o governo não informou quando pagará os salários de quem ganham acima deste valor.

DEFESA DE LULA APRESENTA NOVO RECURSO CONTRA BLOQUEIO DE BENS

07 de Novembro de 2017 | 16:30hs
Imagem [0]

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou hoje (7) novo recurso contra o bloqueio de bens determinado pelo juiz Sérgio Moro em um dos processos da Operação Lava Jato. O recurso foi protocolado no Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre.

Em julho, ao determinar o bloqueio, Moro entendeu que a medida seria necessária para reparação de danos à Petrobras em razão da condenação do ex-presidente a nove anos e meio de prisão no caso do apartamento tríplex no Guarujá (SP). Lula teve imóveis e veículos bloqueados, além de R$ 606,7 mil de contas bancárias e mais de R$ 9 milhões em planos de Previdência.

De acordo com Cristiana Zanin, advogado de Lula, o bloqueio é ilegal e a suspensão deve ser anulada para garantir a subsistência do ex-presidente. “O próprio juiz [Moro], ao julgar embargos de declaração opostos contra a sentença pela defesa de Lula, reconheceu que nenhum valor proveniente de contratos da Petrobras foram dirigidos ao ex-presidente”, argumenta o defensor.

A questão será decidida pelo desembargador João Pedro Gebran Neto, relator dos processos da Lava Jato na segunda instância da Justiça Federal, que já rejeitou o mesmo pedido por questões processuais.

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br