A IMPOSSIBILIDADE DE SANDRA E ROSALBA NO MESMO PALANQUE EM 2018

25 de Julho de 2017 | 06:07hs
Imagem [0]

Existem hoje muitos obstáculos a serem superados para que Sandra Rosado e Larissa Rosado possam estar no palanque de Rosalba em 2018.

Rosalba já deixou claro que em 2018 apoiará a reeleição de Beto Rosado. E não disse, nem precisava dizer, que vai ter um nome caseiro para deputado estadual. E não será Larissa.

Por sua vez, Larissa será candidata à reeleição e Sandra, se der, vai sair para federal.

Não tem a mínima possibilidade de duas chapas federal/estadual conviverem harmonicamente num mesmo palanque em Mossoró.

A disputa pelo voto envolve conquista de lideranças, estratégias de captação de apoios, atividades de campo, e não há a menor chance disse ser compartilhado quando se trata de disputa pelo mesmo espaço.

A única forma possível de Sandra e Rosalba sobreviverem juntas a 2018 vai ser com a desistência de Sandra em disputar com Beto e que Larissa seja candidata à reeleição sem incomodar o canteiro de votos da Rosa, que por sua vez está reservado para o nome genuinamente rosalbista.

Sem nenhuma chance de Rosalba partilhar  votos  com Sandra e com Larissa.

E SE A ELEIÇÃO DE 2018 FOSSE REALIZADA HOJE?

25 de Julho de 2017 | 05:59hs
Imagem [0]

Pré-candidatos a governador: Robinson Faria, Fátima Bezerra, Carlos Eduardo, Tião Couto, Cláudio Santos.

Pré-candidatos ao Senado: Garibaldi Filho, José Agripino, Zenaide Maia, Magnólia Figueiredo.

Pré-candidatos a deputado federal: Fábio Faria, Beto Rosado, João Maia, Felipe Maia, Walter Alves, Antônio Jácome, Rafael Mota, Rogério Marinho.

Conforme se observa para o governo, há muitos nomes, embora Robinson possa não disputar a reeleição, Carlos Eduardo desista e Tião ou Cláudio Santos não sigam em frente com as postulações. Ou seja, apenas Fátima Bezerra é nome certo.

No Senado, Garibaldi e Agripino tranquilos por enquanto por falta de nome substancial para enfrentá-los.

Pra federal, os oito deputados atuais desconhecem nomes novos no cenário que lhes ameacem as cadeiras.

Esse é o cenário de agora.

NAS REDES SOCIAIS PODE TUDO, MENTIR, ENGANAR, LUDIBIAR, INVENTAR...

25 de Julho de 2017 | 05:48hs
Imagem [0]

Na batalha das redes sociais, onde pode tudo, mentir sobre aqueles que você não gosta se tornou coisa banal.

O filho de Lula,Fábio Luís Lula da Silva, o Lulinha, tem sido um dos alvos preferencias quando se trata de mentira pelas redes.Ele já foi retratado como dono de avião, promotor de festas com prostitutas, proprietário de fazenda, dono da JBS, entre outros.

A nova é que Lulinha é dono de uma Ferrari dourada. Um vídeo no YouTube mostra um sujeito embarcando no carro com um amigo numa cidade do estrangeiro. E um texto.

FILHO DO LULA COM UMA FERRARI DOURADA NO URUGUAI! E VOCÊ VAI FICAR PARADO? VAI DEIXAR ISSO ACONTECER NA SUA FRENTE? E NÃO VAI FAZER NADA? COMPARTILHE ESSE VÍDEO E VAMOS MOSTRAR AO BRASIL QUEM É O LULA E SUA FAMÍLIA!

Diversos sites replicaram exaustivamente a “notícia” de que aquele era Lulinha passeando no Uruguai.Na verdade, é um milionário árabe saindo do Hotel de Paris em Monte Carlo, no principado de Mônaco, mas isso é o que menos importa.

A ideia é enganar, iludir, matar a reputação do inimigo. Viramos uma nação de mentirosos compulsivos.

O Brasil atingiu o ponto em que foi tomado por encantadores de cobras, manipuladores vagabundos e embusteiros patológicos que são celebrados.

Não éramos assim. Ou éramos e não sabíamos. O radicalismo elevou à categoria de arte aceitável o que antes era um desvio de caráter.

O PODER JUDICIÁRIO E A BRECHA DO EXTRATETO PARA AUMENTAR SALÁRIOS

25 de Julho de 2017 | 05:30hs
Imagem [0]

As cifras para sustentar os Três Poderes da República são astronômicas e a solução, normalmente, sai do bolso do contribuinte. No Judiciário, por exemplo, os salários de parte dos magistrados ultrapassam o teto constitucional de R$ 33.763. No ano passado, a Justiça brasileira custou R$ 175 bilhões, quase 270% a mais que em 2015. Segundo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o valor é quase todo usado no pagamento de salários.

Desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo, por exemplo, chegam a ganhar em apenas um mês quase R$ 100 mil. E mesmo diante de um rombo nas contas públicas — estimado em R$ 185 bilhões em 2017 —, da estagnação da economia e dos 14 milhões de desempregados, há juízes que não estão satisfeitos.

O assunto é sensível. Envolve servidores públicos de alta qualificação que dominam as leis e justificam as benesses com elas. Os megassalários são consequência do extrateto, uma série de penduricalhos legalmente instituídos e trancados a sete chaves.

Recentemente, um analista federal identificou que a viúva de um desembargador do Tribunal Regional do Trabalho (15ª Região), em Campinas, recebeu quase R$ 700 mil de vantagens eventuais em dois anos (2012 e 2013). No período, a beneficiária embolsou quase R$ 1,2 milhão.

Além de benesses pessoais extrassalário, que variam entre R$ 5 mil e R$ 8 mil, desembargadores do TRT15 têm vantagens eventuais. Em abril deste ano, receberam valores entre R$ 18,3 mil a R$ 52,8 mil. “Teve desembargador com o total de quase R$ 100 mil. Com os descontos, o rendimento líquido beirou os R$ 85 mil”, aponta um analista que prefere não se identificar.

FONTE: CORREIO BRAZILIENSE

SENADO DECIDE ALUGAR 85 CARROS DE LUXO PARA OS SENADORES

25 de Julho de 2017 | 03:58hs
Imagem [0]

O Senado fechou contrato para alugar 85 carros zero-quilômetro para os senadores, secretário-geral da mesa, diretor-geral e segurança do presidente Eunício Oliveira (PMDB-CE). Os custos com manutenção, combustível e seguro dos automóveis estão incluídos no preço final.

Dois carros são especiais. Eles têm 250 cavalos de potência, ar-condicionado com duas zonas, película antivandalismo, central multimídia com tela touch com rádio integrado e leitor de CD, MP3, GPS, DVD, Bluetooth e USB. Há também câmera de ré e comandos no volante. O aluguel de cada um dos carros mais luxuosos custará R$ 9.300 por mês.

GOVERNO FEDERAL QUER CRIAR PROGRAMA DE DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

25 de Julho de 2017 | 03:43hs
Imagem [0]

O governo federal deve editar nos próximos dias uma medida provisória para criar um programa de demissão voluntária (PDV) para os servidores públicos do Poder Executivo, informou o Ministério do Planejamento nesta segunda-feira (24).
De acordo com o ministério, quem aderir terá direito a receber 1,25 salário para cada ano trabalhado.

Além disso, informou o Planejamento, está sendo preparada uma proposta de implementação da jornada de trabalho reduzida. Ela vai permitir que, ao invés de 8 horas diárias e 40 horas semanais, os servidores possam optar por:
trabalhar 6 horas diárias e 30 semanais;
trabalhar 4 horas diárias e 20 semanais;

Neste caso, o servidor terá o salário cortado na mesma proporção da redução da jornada de trabalho.
“Será assegurado ainda, a quem optar pela redução de jornada, o pagamento adicional de meia hora diária, calculada conforme regulamentação a ser editada pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão”, informou o ministério em nota.

O objetivo do governo é diminuir os gastos com a folha de pagamentos, num momento de fragilidade nas contas públicas. De acordo com o Planejamento, apenas o PDV deve gerar economia de cerca de R$ 1 bilhão ao ano.

DELAÇÃO DE CUNHA: JANOT QUER PROVA EXPLOSIVA. CUNHA TEM?

24 de Julho de 2017 | 11:47hs
Imagem [0]

Nesse momento em que se fala tanto na possível delação de Eduardo Cunha e seu perfil de homem-bomba, penso o seguinte:

A Procuradoria Geral da República só tem interesse neste momento em algo explosivo e com provas irrefutáveis com endereço certo: Michel Temer.

Depois de ter visto Temer se safar da bomba que foi a gravação de Joesley Batista e escapar do TSE, não adianta algo que seja sinal de novo fracasso.

Rodrigo Janot quer deixar a PGR com a garanta da expulsão de Temer da cadeira presidencial.

Portanto, se Cunha tiver o que Janot quer, delação aceita. Caso contrário, sem acordo.

QUAL CARGO ELEITORAL EM 2018 JULIANNE FARIA ESTÁ SE PREPARANDO PARA DISPUTAR?

24 de Julho de 2017 | 11:33hs
Imagem [1]

Muito se fala dos planos políticos que o governador Robinson Faria teria para sua esposa, Julianne Faria, atual secretária de Ação Social do RN.

O disse-me-disse aumentou depois que o governo anunciou um programa de rádio específico para divulgar ações realizadas pela pasta de Julianne.

O mais que se fala é que Robinson teria ´planos para a primeira dama ser candidata a algum cargo eleitoral no ano que vem. Daí, surgem várias hipóteses.

Julianne seria candidata ao Senado e Robinson Faria não disputaria a reeleição.

Julianne seria candidata a deputada federal aqui no RN e Fábio Faria seria candidato a federal pelo estado de São Paulo.

Julianne seria candidata a deputada estadual em dobradinha com Fábio Faria para federal.

O primeiro empecilho para todas as hipóteses é o fato da primeira dama necessitar que Robinson Faria renuncie ao Governo seis meses antes do pleito para que ela se torne elegível a algum cargo político. É o que diz a legislação.

É uma questão legal, mas há controvérsia na jurisprudência eleitoral, uma vez que se Robinson está elegível para a reeleição, não poderia assim Julianne estar inelegível. A tese é que se Robinson pode o mais, Julianne poderia o menos.

Meu pensamento sobre esse tema é que os fatos são simples para serem analisados. Julianne está mesmo sendo preparada para ser candidata, disso não há dúvida alguma.

Porém, sobre qual seria o projeto traçado por Robinson e Julianne, isso  é difícil de cravar num comentário neste momento. Uma das hipóteses acima, com certeza.

PRESIDENTE DA CÂMARA DE NATAL EMITE NOTA APÓS OPERAÇÃO POLICIAL

24 de Julho de 2017 | 11:24hs
Imagem [0]

NOTA

Recebi com surpresa o procedimento de investigação da chamada “Operação Luz” na manhã desta segunda (24), uma vez que deixei a gestão da Secretaria de Serviços Urbanos de Natal em 2014 quando retornei para a Câmara Municipal de Natal.

Estou colaborando com as investigações com o objetivo de esclarecer que agi com probidade e lisura em todos os atos da minha gestão à frente da Semsur no período de janeiro de 2013 a março de 2015.

O referido procedimento se encontra em fase de investigação e não houve condenação ou denúncia, não havendo de se falar de juízo de culpa de quem quer que seja.

Acredito nas instituições públicas e o trabalho do Poder Judiciário, do Ministério Público Estadual e demais órgãos de fiscalização, controle e investigação tem meu incondicional respeito.

Raniere Barbosa
Presidente da Câmara Municipal de Natal

TIÃO COUTO E JORGE DO ROSÁRIO FAZEM VISITAS A MUNICÍPIOS DO SERIDÓ

24 de Julho de 2017 | 10:56hs
Imagem [0]

O vice-presidente estadual do PSDB, Tião Couto, cumpriu agenda de visitas e reuniões no Seridó no último final de semana.

Dia 21, sexta, Tião visitou o município de São José do Seridó onde conheceu a experiência das facções que empregam diretamente mais de 500  pessoas na cidade. As facções trabalham com a costura de peças de vestuário para grandes lojas do País, como Riachuelo e Hering.

 No dia 22, sábado, Tião visitou o município de São Fernando, onde conheceu o modelo de gestão do prefeito Polion Maia. O município tem se destacado com políticas sociais que atendem 100% da população carente do município.

Ainda durante sua estadia no Seridó, Tião Couto reuniu-se com lideranças políticas de Caicó e participou da sessão solene da Câmara Municipal para entrega de honrarias.

Estiveram acompanhando Tião nessas visitas o ex-candidato a vice-prefeito em Mossoró, Jorge do Rosário e o empresário Marcelo Rosado.

Anterior 1 2 3 4 5 Próxima

Sou jornalista há 28 anos, advogado e professor de História. Não sei se sou competente, mas sei que sou responsável com minhas tarefas.

netoqueiroz@uol.com.br